Os meus livros (nacionais) prediletos de Tarot e Lenormand


As livrarias, virtuais ou físicas, possuem as mais diversas ofertas de títulos, de autores e de temas, quando se trata de livros sobre o Tarot e, mais recentemente, Baralho Lenormand.
Os Kindles e os Kobos permitem que tenhamos acesso a uma vasta bibliografia estrangeira sobre o tema, com a vantagem de preços menores nos seus e-Books.
Ainda que através de décadas eu tenha reunido uma consistente biblioteca sobre o Tarot e outras artes e ciências correlatas, a minha coleção de livros sobre o Baralho Lenormand é muito menor.
Quando me perguntam quais livros, quais autores nacionais, eu indico para quem quer aprender mais sobre esses dois oráculos, não tenho a menor indecisão em indicar o que segue:
a) “A Vida pelo Tarot“, de Adriana Kastrup. Esse é, sem dúvida alguma, o livro que modificou totalmente, e para muito melhor, a maneira com que, durante décadas, eu me relacionava com a interpretação dos Arcanos do Tarot, melhorando, consequentemente, também a minha forma de comunicação (sobre leituras e interpretações), escrita ou oral.
É o melhor livro de Tarot que eu já tive a oportunidade de por minhas mão, e nisso eu estou considerando não apenas os demais nacionais mas também todos os importados.
Simples, direto, objetivo, claro, iluminado, honesto, com uma linguagem perfeitamente accessível, contemporânea, numa maneira de escrever que transcende o simples manual técnico, são as maiores qualidades dessa obra.
Não sei se o livro ainda vem acompanhado das 78 lâminas dos Arcanos Maiores e Menores, criados por Luciana Adib. Um trabalho muito bonito e inspirador em sua atualíssima linguagem visual.
(Editora Rocco: http://www.roccdo.com.br)
b) “Baralho Petit Lenormand“, de Odete Lopes Mazza. Um verdadeiro e importante compêndio sobre o baralho Lenormand escrito por essa brasileira que mora e atua como cartomante e professora na Europa.
Trabalho de fôlego, que em 415 páginas oferece ao leitor uma verdadeira imersão em cada uma das lâminas que compõem esse oráculo, além  de nos contar sua história, de sugerir combinações e esquemas de jogos. Tudo isso numa linguagem coloquial, sem desviar para conceitos ou terminologia esotérica, fazendo que a sua leitura seja agradável, interessante e inspiradora. É um livro que em absolutamente nada deixa a dever aos escritos por autores Alemães, Franceses ou Norte-Americanos.
Adquiri há questão de 3 ou 4 meses e li, reli, fiz anotações, experimentei uma nova e bastante assertiva proposta de esquema de jogo e não paro de consulta-lo.
(Editora Capital Books: http://www.capitalbooks.net)
c) “Diário Lenormand, Vol. 1“, de Karla Souza, cartomante, blogueira, YouTuber, autora e professora que mora no Sul e que, além disso tudo, produziu 2 fantásticos decks de Lenormand e ainda encontra tempo para disponibilizar conteúdo em seu site:  http://falandolenormandes.com.br
Esse, além de ser um manual técnico que desvenda os significados, mistérios e possibilidades de cada uma das 36 cartas do Baralho Lenormand, ele é um excelente “caderno de exercícios” para todos aqueles que desejam conhecer melhor, aprender mais, sobre esse oráculo.
Dividido em capítulos, o livro (que se parece mesmo com um caderno espiral) é repleto de informações e de propostas de estudo, além, é claro, de trazer páginas e mais páginas com instigantes exercícios a serem executados pelos seus leitores.
Arrisco a dizer que o leitor atento, o aluno aplicado, podem realmente aprender muito seguindo o método, a didática proposta pela autora.
(Editado pela autora. Contato no site da mesma: http://www.falandolenormandes.com.br/… )
Numa recomendação bastante especial, pois foi onde aprendi o uso do Baralho Lenormand, o  “Baralho Petit Lenormand _ Teoria e Prática” (https://www.clubedeautores.com.br/boo…), livro do famoso Geraldo Spacassassi, uma verdadeira obra-prima: riquíssima em conteúdo, referências, erudição e sólido conhecimento e experiência.
Esse é um livro para ser lido com mais vagar, capítulo a capítulo, refletindo sobre como o Prof. Spacassassi correlaciona as cartas de naipe com as cartas do Petit Lenormand. Um trabalho de valor inestimável que, se traduzido, encantaria certamente cartomantes e tarólogos em todo o mundo.
Quero deixar muito claro que este vídeo não tem nenhum vínculo pecuniário ou publicitário com as/o autor/as citado/as e visa tão somente mencionar os livros-manuais que, no momento da realização do vídeo, eu considero marcantes na minha evolução como estudante de Tarot e outros oráculos e que, talvez, também possa ser de grande auxílio para quem deseja aprender mais sobre Tarot e Baralho Lenormand em língua nacional, com autores brasileiros, que vivem a nossa realidade, os nossos costumes, nossa iconografia e a maneira com que nos relacionamos com os oráculos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s