Petit Lenormand: OS PEIXES


peixes9.jpg

 

Fonte: Petit Lenormand: OS PEIXES

Se o assunto é dinheiro, não há melhor, nem mais auspiciosa, carta que a de número 34 do Baralho Lenormand (também conhecido como Baralho ou Tarô Cigano), os PEIXES, para representá-lo.

Diferente da carta do Urso, que simboliza o acúmulo e o poder que o dinheiro produz, essa é a lâmina que fala das formas e maneiras com que o dinheiro (e os seus derivados) entra em nossa vida.

Bens materiais, recursos valiosos, negócios dos mais variados tipos, transações econômicas, compra, venda, trocas ou permutas, a circulação da moeda, os diversos investimentos e aplicações financeiras que o mercado financeiro oferece, o nosso próprio salário e outros proventos, tudo isso constitui uma parte do escopo de significados possíveis dessa lâmina.

Comentamos esse símbolo todas as vezes em que: falamos da flutuação do câmbio; do luxo da decoração, riqueza de detalhes e fartura que foi a festa de casamento de Fulano com Sicrana; de alguém que está afundado em dívidas; da generosidade do filantropo; do importante empreendimento imobiliário feito por um grupo de investidores; da notável expansão daquela cadeia de lanchonetes que começou com um simples carrinho de cachorro-quente; da necessidade em conseguirmos um capital de giro para iniciar nosso próprio negócio; a falência da empresa foi ocasionada pela produção que continuou excessiva num mercado que vivia uma fase de retração; da necessidade de vendermos um lote de ações para termos maior liquidez e podermos aplicar o lucro em novos mercados; em como Fulano de Tal é materialista. Assim como os PEIXES, o símbolo é fértil em significados e possibilidades interpretativas.

Podemos reconhecer, quando esse for o tema da leitura e com a ajuda das cartas próximas, profissionais e pessoas que praticam determinadas atividades tais como: executivo (homem de negócios), financista, comerciante, importador e exportador, empregado, pescador, trabalhador, caixa de banco, vendedor de seguros, sócio, cambista, “testa de ferro”, agiota, falsário, “lavagem de dinheiro”, etc.

Essa carta também pode representar o trabalhador autônomo, o proprietário de um pequeno negócio, o empreendedor independente.

Aliás “independência” é também uma palavra e um conceito amplamente aplicado à lâmina dos PEIXES, visto esses animais terem um comportamento fluído, flexível, altamente adaptável, e independente. Possuem sangue frio e não formam casais, depositando seus óvulos e os abandonando para que qualquer outro peixe fertilizá-los. Essa “não constituição” de parceiros, de casais, faz com que, simbolicamente, sejam vistos como indivíduos promíscuos, sem grandes interesses amorosos. Em leituras onde o tema é relacionamento, a carta pode representar compatibilidade entre as partes, ou que é um relacionamento aberto, ou mesmo que a relação corre de forma satisfatória.

Entretanto os cardumes (fertilidade + quantidade) acabam por sugerir a ideia de família, de família numerosa, pois não devemos deixar de levar em conta, quando estamos interpretando essa carta, termos e possibilidades como: multiplicação, abundância, quantidade e muito.

Quando acompanho de cartas negativas a carta dos PEIXES acaba incorporando significados bem menos agradáveis e desejáveis podendo representar a perda do status social de alguém, uma falência, uma crise financeira numa empresa particular ou estatal e, mesmo, uma crise financeira de âmbito regional, nacional ou mundial; gula e avareza também podem ser identificadas entre seus aspectos negativos, assim como, por ser uma lâmina que tem o elemento água como cenário, afogamentos, naufrágios e inundações. Mas, como veremos a seguir, pode ser o símbolo da pobreza tanto moral quanto espiritual.

Outras significações também podem ser extraídas dessa carta: água, rio, lago, mar, sede, hidratar, alcoolismo, nadar, praia, pescaria, equipamento de pesca, restaurante especializado em frutos do mar (incluindo os populares sushis e sashimis).

Os PEIXES, desde o início do Cristianismo, foram identificados com a figura do Cristo, do “pescador de almas”, cuja palavra fértil produziria, através destes 2.000 anos, um “cardume”de grandes proporções. Devemos pensar que a pesca é uma das atividades e comércio mais antigo que conhecemos e a base da economia de muitas sociedades e nações inteiras. Os PEIXES eram fontes primárias de alimento e, portanto, uma questão de sobrevivência para muitos.

Quando os primeiros colonizadores chegaram à América do Norte, algumas tribos indígenas mais amistosas os ensinaram a enterrar peixes mortos junto com as sementes que trouxeram, o que acabava sendo um fertilizante natural. Inclusive a ideia de “ressurreição” também pode ser vista nesse ato onde a Vida nasce da Morte.

Podemos então compreender o uso da figura dos PEIXES como símbolo cristão, inclusive algumas vezes representado carregando uma cesta de pães a simbolizar a necessidade de alimentar-se o corpo e, também, o espírito.

Nesse sentido, essa carta, quando extraída como um conselho. estar a nos lembrar que devemos confiar no Espírito e nos abandonarmos a Ele. Que muitas vezes é preciso ter-se a sabedoria de deixar-se levar pela correnteza, não sendo significativo e nem valendo a pena nadar contra. Isso pode ser interpretado como uma atitude passiva, de total desrespeito ao próprio livre arbítrio, de preguiça ou indiferença. Mas há ocasiões em que o fluxo dos acontecimentos, ainda que num primeiro momento contrariem nossa vontade, acabam conduzindo para uma mudança positiva e, certamente, muito mais vantajosa.

Lembram-se da letra da canção que diz: “Deixa a Vida me levar, Vida leva eu…” ? Pois é!

Lembrando sempre que esta postagem, como todas as demais feitas por mim, não pretende ser uma “regra”, uma “fórmula” a ser copiada ou aceita, mas, simplesmente, a minha inspiração e conhecimento técnico, no momento da escrita, ao comentar alguns dos aspectos interpretativos da carta.

Se você também gosta de Tarot, de cartomancia, sinta-se convidado a conhecer minhas páginas nas diversas mídias sociais:

Snapchat: CARTASLENORMAND

Periscope: ALEXTAROLOGO

Snapchat: TAROTEANDO

Facebook: http://ift.tt/1kFaVgD

Blog: http://ift.tt/1lINTpT

YouTube: http://ift.tt/1kFaXVI

#alextarologo, #taroteando #tarologo #cartomante #cartomancia #esoterico #esoterismo#baralholenormand #lenormand #cigano #cartaslenormand

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s