Carta do Dia: CAVALEIRO DE COPAS


Título

Príncipe da Carruagem da Água

Elemento

Ar (Tiphareth) na Água (Copas)

Tetragramaton

Vau

Arcanjo

Mich’ael e Raphael

Nome Divino 

Yahveh Eloha Va Daath

Mundo Cabalístico

Yetzirah (mundo da Formação)

Sephirah

Tiphareth (Beleza)

Virtude

Devoção à Grande Obra

Vício

Falso Orgulho

Obrigações em cada Sephirah

Integridade

Divindade na Árvore

Sol, Curadores

Atividade Social

História

Arquétipo Social

Aventureiro

Correspondência Astrológica

Júpiter em Libra, Sol em Escorpião, Marte em Escorpião

Planeta 

Sol

Signo

Escorpião

Pedra

Topázio

    Cups12 A água é o mais penetrante dos elementos. A maior parte dos nossos corpos físicos e o nosso planeta são constituídos por água. Em termos humanos, o naipe de Copas no tarot retrata a emoção e a intuição, a contemplação inspiradora, a saúde de forma geral, os aspectos psicológicos, a reflexão, as artes (especialmente aquelas que requerem interpretação, tal como teatro, cinema e TV).

     O Príncipe de Copas tem a mesma natureza romântica daqueles que, na antiguidade saiam em busca da defesa de um ideal, de um sentimento. Talvez falte a esse Cavaleiro uma dose de objetividade e realismo que lhe permita uma visão ampla da situação,  até mesmo porque aos Cavaleiros de todos os naipes falta calma, frieza e auto-domínio. Talvez necessitasse ter os pés mais no chão para que pudesse conduzir seus sentimentos e emoções, criando um ambiente favorável, e perseguir na sua busca. Além da sua conexão com as emoções, o naipe de Copas frequentemente tem uma ligação com o lado irracional. A armadura que ele normalmente usa (couraça protetora, estado de alerta, defesa) e o irracional (falta de lógica, não enfrentar a realidade, reagir de maneira não realista) parecem conflitar, criando, assim, uma tensão (proteção x fragilidade). Todavia, quando as condições são favoráveis, este Cavaleiro pode ajudar a alcançarmos grandes profundezas em nosso mergulho na nossa psique.

     O Cavaleiro de Copas comunica-se muitíssimo bem e exprime seus sentimentos à perfeição. Podemos vê-lo, na vida real, como o músico, que traduz sentimentos e emoções em acordes e palavras, ou nos atores, que emprestam as suas próprias emoções e a sua sensibilidade para dar vida a personagens criados no papel. Na história temos Casanova, o grande conquistador, o irresistível sedutor como uma das figuras arquetípicas desse Arcano Menor. O Cavaleiro de Copas é um eterno apaixonado… pelo Amor! Ele é carismático, charmoso, romântico ao extremo que, agindo com elegância e delicadeza, conquista a quem ou o que deseja. É sensível, gentil e um pouco temperamental, mas isso também faz parte de seu charme inato. É aquela pessoa simpática, agradável, compassiva, que busca a harmonia, sensível, idealista, visionária, envolvida com seus sonhos, criativa e imaginativa. Não nos esqueçamos que é cavalheiro e galante, do tipo que desmancha-se em devoção e adoração por todos os prazeres que a vida lhe oferece.

     Quando o Cavaleiro de Copas surge numa leitura de tarot, dependendo sempre da sua localização na jogada e das demais cartas que o acompanham, além da questão proposta pelo Consultante, pode significar que é chegada a hora de sintonizar-se com os seus sentimentos. Ele é um Cavaleiro e, portanto, a ação faz parte de sua vida. Idas e vindas, novas conquistas, novas emoções fazem parte de seu cotidiano. É sempre alguém (o Consultante ou outra pessoa que essa carta esteja representando) bastante alegre e encantador. Sua chegada é sempre ansiosamente aguardada visto ser o portador de convites, propostas e ofertas de fundo emocional bastante excitantes. Ele simboliza um amante, um sedutor, um mediador, um sonhador, um acompanhante, uma pessoa muito romântica. Pode também simbolizar alguém em busca de um crescimento espiritual. Artistas e músicos em geral, conselheiros, religiosos, comunicadores, psicoterapeutas, técnicos em recursos humanos, treinadores, professores de arte-educação, pessoal de relações-públicas e de propaganda e publicidade também estão entre as personalidades e profissões que essa carta pode simbolizar.

     Mal dignificada, este intrépido Cavaleiro pode simbolizar que o Consultante (ou a pessoa que esta carta foi designada representar na jogada) está sendo insensata na sua maneira de lidar com os fatos, desviando-se do enfrentamento com os problemas. Emocionalmente inseguro e dependente, tem uma tendência a “adocicar” as situações. Pode também simbolizar o fato de alguém estar trapaceando, jogando sujo, manipulando de forma errônea as emoções alheias, seduzindo-os através de suas próprias fantasias. Alguém que é indisciplinado, adulador, chantageador, quixotesco, ardiloso, malicioso, enganador, invejoso, egoísta, temperamental, instável, inconstante, “meloso”. Pode estar agindo como um Don Juan, e fazendo de suas conquistas assunto de comentários jocosos, envaidecedores ou mesmo fofocas. Como se isso tudo não bastasse, essa carta, quando mal localizada, e sempre dependendo da sua relação com as demais cartas da leitura, pode significar o uso do sexo, das drogas, do álcool com a finalidade única de aumentar o prazer ou escapar das obrigações e compromissos naturais da vida.

     O Cavaleiro de Copas nos convida (afinal ele também representa um mensageiro, montado em seu corcel) a agirmos com o nosso coração. Sugere que, independente do dia da semana, ou da ocasião, convidemos alguém para um jantar romântico e cercado de detalhes amorosos, como, por exemplo, enviarmos flores antes e depois, para a pessoa amada. Sugere também que sempre expressemos os nossos sentimentos de forma elegante e, nas devidas ocasiões, sejamos galanteadores. Mas o Cavaleiro de Copas nos lembra que devemos perseguir na nossa conquista pelos nossos mais elevados ideais. Que usemos a nossa imaginação, criatividade e habilidades artísticas e musicais para darmos “voz” aos nossos sentimentos.

     Nesta terça-feira, dia dedicado ao apaixonado, luxurioso, viril Marte, com a Lua Crescente em Escorpião, o que significa uma exaltação das emoções, poderíamos aproveitar para declararmos nossa paixão por alguém, exaltarmos as qualidades dos nossos amigos, dedicarmos alguma horas a um projeto no qual estejamos investindo todo o nosso interesse e, até mesmo, darmos toda a nossa atenção ouvindo, amorosamente, o que os outros têm a nos dizer. Como meditação, seria bom nos questionarmos qual é o nosso ideal e o quanto de paixão estamos investindo nele.

     Tenham todos um excitante e plenamente satisfatório dia!

Imagem: TAROT OF THE RENAISSANCE, por Giorgio Trevisan

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s