Carta do Dia: ÁS DE MUNDOS (OURO)


Ante-véspera de Natal. Ruas cheias de carros, calçadas lotadas de camelôs e seus clientes. Enfim, aquela “muvuca” natural de final de ano, de férias, de turistas dos quatro cantos do país e do mundo.
Todos, ou pelo menos quase todos, fazendo um esforço para esticar o salário e o abençoado Décimo-Terceiro e dar conta de comprar todas aquelas lembranças que, com prazer damos aos outros, além, é claro, dos produtos todos que constituem a tradicional Ceia Natalina.
Há pessoas para quem falar sobre dinheiro é de mau-gosto extremo, pois dinheiro é por elas visto como algo “menor”, sujo, e que só serve para facilitar a aquisição de bens materiais.
Isso é, possivelmente, um ranço de uma época já remota quando “pessoas de bem” (os nobres) não trabalhavam e tamb’m nunca empobreciam ou perdiam o status quo.
Ou então, é o lenga-lenga de outros que se dizem altamente espiritualizados e que acreditam que todos devam viver na pobreza para assim se fazerem merecedores de benesses divinas.
Acredito que, como sempre, os extremos estão errados.
A Carta do Dia, tirada na manhã de hoje é o Ás de Ouros e não há coincidência alguma nisso: a energia deste período é mesmo de grande apreciação pelo aspecto material (férias, presentes, festas, etc) bem como de reconhecimento que nesse processo de “aterramento” nos aspectos mais físicos, estamos nos permitindo alçar ao mais alto da espiritualidade. É necessário que estejamos fisicamente bem, com saúde, com trabalho, com segurança, protegidos, vendo e reconhecendo os frutos dos nossos investimentos para que possamos também crescer espiritualmente.
A pobreza não é, nem nunca foi, condição para crescimento espiritual. O que é necessário que nós entendamos é que o “apego” ao dinheiro (e a tudo o que ele possa nos proporcionar) é que é um grande impecilho ao nosso desenvolvimento.
A ganância, a “febre de ouro”, a aquisição incontrolável e desnecesária de bens, a competitividade perniciosa, a inveja, a corrupção estas sim são os grandes entraves do mau uso do dinheiro, ou das atividades que consideramos terrenas, materiais.
Aproveitar a energia anunciada pelo Ás de Ouros é utilizar de métodos e estratégias harmonicas para cuidarmos melhor da nossa saúde, dos nosso trabalho, dos nossos investimentos, dos nossos bens.
É o prenúncio de enganjamento em novas atividades, de atingir metas traçadas, de mudança de casa, de novo emprego, de nova posição no trabalho, de novas propostas financeiras, de um período de excelente condição física, de harmonia familiar, da solidificação de um relacionamento, de grandes prazeres sensuais.
Sentido-nos seguros e satisfeitos, estamos ainda mais aptos a reconher nesses prazeirosos benefícios físicos,  a presença de uma espécie de “recompensa” que nos é dada por algo maior.
Portanto, aproveite a energia prometida pelo Ás de Ouros e saia hoje com disposição para finalizar suas compras natalinas, encontrando boas pechinchas, ofertas, saldos; aproveite para matricular-se numa academia e voltar àquela forma desejada; dê uma olhada nos classificados e busque por um bom investimento para aquele dinheirinho que você vem poupando; aconselhe-se com aquele seu amigo que trabalha na Bolsa de Valores sobre como melhor aplicar seu dinheiro. E, por último, não se esqueça de se presentear. Você merece e a ocasião não poderia ser mais propícia.
Bom dia a todos!
Ás de Ouros/Mundos – Voyager Tarot – James Wanless

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s